Posts tagged elnino

Seca em Madagáscar – apoio prestado à população em estado de emergência | LER MAIS…

Comunidades vulneráveis participam num programa de apoio da ONU | Foto: WFP/Volana Rarivoson

Combate à fome em Madagáscar

A seca dura há 3 anos e resultou na fome e insegurança alimentar que se faz sentir na ilha,

O Programa Alimentar Mundial (WTP), o Fundo para Agricultura e Alimentação (FAO) e o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (IFAD) cooperam para garantirem a subsistência da população.

 A sobrevivência destas pessoas é posta em causa pelas frequentes catástrofes naturais, ao destruírem as  suas fontes de alimento e rendimento com maior expressão, a pesca e a agricultura.

 

APOIOS PRESTADOS

As acções humanitárias tomadas pelas agências internacionais no terreno:

  • Localizar áreas mais afectadas e fornecer alimentos (IFAD), mas também sementes resistentes e bombas de irrigação do solo (FAO), bem como incutir técnicas de cultivo e de entreajuda (WTP);

Os apoios são fundamentais e têm um objectivo: munir a população de bens essenciais e ensinamentos importantes para que possa voltar a prosperar. 

 

A ILHA

Madagáscar é a quarta maior ilha do planeta, sendo constituída por uma diversidade de ecossistemas únicos e ricos, do qual fazem parte inúmeras espécies de animais e plantas.

Comunidades vulneráveis participam num programa de apoio da ONU | Foto: WFP/Volana Rarivoson

Comunidades vulneráveis participam num programa de apoio da ONU | Foto: WFP/Volana Rarivoson

O seu potencial é revogado devido às condições climatericas, economicas, sociais e politicas que apresenta, sendo que as suas maiores adversidades são geralmente causados por catástrofes naturais.

Quatro dos nove estados da ilha encontram-se em estado de emergência devido à seca constante, às pragas de gafanhotos e a El Niño,

O impacto devastador que estes fenómenos naturais têm nas actividades de subsistência da população, nomeadamente a agricultura, fazem disparar o crescente índice de níveis de pobreza e de subnutrição.

 

Texto: Catarina Ferro (8530) © Todos os direitos reservados

 

Go to Top